Museus e comunidades: reflexões sobre patrimônio e identidades

Tendo em vista as recentes reflexões sobre o papel dos museus e dos locais de memória, as diferentes demandas emanadas das comunidades tem ganhado destaque.

Neste sentido, a Fala Escrita promoveu o wokshop “Museus e locais de memória: Identidades, diversidades culturais e interações comunitárias”.

A atividade buscou apresentar o conhecimento e o contato com tendências do fazer do pesquisador e profissional da área frente aos conceitos de identidade e comunidade (BAUMAN 2003, 2005; CASTELS, 2006), considerando suas implicações para a compreensão do contexto contemporâneo e suas ligações com a renovação das práticas museológicas e de trabalho com a memória histórica.

Um dos resultados da oficina foi o blog “Locais de memória: identidades e diversidades”, onde é possível encontrar informações sobre o curso, bem como a sugestão de leituras que procuram ampliar os conhecimentos acerca do assunto.

Locais de memória

Anúncios

Sobre falaeescrita

Doutora em História Oral pela FFLCH da USP Ver todos os artigos de falaeescrita

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: