Mulheres e feminismos: subjetividades e ação política

Onde estão as mulheres brasileiras? E o que estão fazendo?

Enganam-se os que imaginam que elas estão em casa, submetidas às imposições sociais em diversos aspectos. Mais ainda os que reduzem as mulheres à imagem que delas se faz através das mídias tão disponíveis e ao mesmo tempo tão precárias em informações…

O Seminário “Feminismos, Política e Cultura: mudanças no Brasil contemporâneo”, promovido pelo Centro Ruth Carodoso, nos ajuda a desenhar possíveis respostas para tais perguntas.

Envolvidas em atividades as mais diversas possíveis, estão as mulheres brasileiras desde muito tempo, provocando transformações em nossa sociedade.

O anonimato ou apagamento que muitas vezes se coloca são francamente desconstruídos por trabalhos de mulheres comprometidas com uma discussão profunda e lúcida acerca do papel da mulher nos dias de hoje.

Ao apresentarem seus trabalhos, as pesquisadoras convidadas mostraram que não somente elas estão longe de um lugar submisso, mas outras mulheres, como as que inspiraram seus estudos, estão ou estiveram promovendo sensíveis mudanças nas concepções acerca da mulher, desnaturalizando conceitos e noções unilaterais.

As manifestações são as mais múltiplas e vão das artes à política em um movimento sempre em direção à problematização de questões de extrema importância para o universo feminino. Universo este plural, afinal falamos de feminismos e mulheres e é em sua complexidades que tais assuntos precisam ser abordados.

"I Love You", de Ana Miguel

Mais informações:

Centro Ruth Cardoso

Anúncios

Sobre falaeescrita

Doutora em História Oral pela FFLCH da USP Ver todos os artigos de falaeescrita

2 respostas para “Mulheres e feminismos: subjetividades e ação política

  • falaeescrita

    Discutir o papel da mulher e sua posição no mundo contemporâneo é tarefa de todos, mas que muitas vezes não se apresenta de forma adequada ou consequente, causando mais isolamento e anominato. Admiro o Centro Ruth Cardoso por levantar essa bandeira e promover um debate de tão alto nível.

  • italo oliveira

    Quando as mulheres forem tratadas por igual em nossa sociedade, ela crescera e se tornara melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: