História oral institucional: conhecimento interno e pertencimento social

A história oral, enquanto forma de produção de conhecimentos que acompanha as transformações sociais, tem ampliado seu escopo e atendido novas demandas da contemporaneidade.

Neste cenário se abrem novas perspectivas e cada vez mais busca-se a multiplicidade dos saberes. As experiências vivenciadas pelas pessoas passam a ser, com isso, fontes de novas informações e proporcionam estudos inéditos sobre diferentes assuntos.

Atualmente, instituições de diferentes origens têm se voltado para a busca de conhecimentos através de sua própria história. Não é por acaso que verificamos o aumento de centros de memória empresarial, que buscam consolidar a história de empresas e, mais que isso, produzem as condições necessárias para que suas trajetórias sejam percebidas como parte integrante de nossa sociedade.

Este é o caso do SECONCI-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo), que vem desenvolvendo projeto de história oral institucional com a consultoria da Fala Escrita e do NEHO-USP.

De acordo com os coordenadores do projeto “Ao buscar a recuperação e preservação da memória institucional do SECONCI-SP, buscamos um pouco da história da saúde pública no Estado de São Paulo e da importância do segmento da construção civil no decorrer de todos esses anos de história. A atuação conjunta dos sindicatos da construção civil, empresários e trabalhadores, certamente está registrada na memória das pessoas que fizeram a história do SECONCI-SP.”

Mais informações sobre o projeto do SECONCI-SP e de como estruturar um projeto de história oral institucional podem ser obtidas no “Guia Prático de História Oral”, lançado em novembro de 2011, de autoria de José Carlos Sebe Bom Meihy e Suzana Lopes Salgado Ribeiro.

Desta forma, os projetos de história oral institucional buscam um maior conhecimento interno das empresas e contribuem para a ampliação de estudos e debates acerca de assuntos de interesse público.

Sobre falaeescrita

Doutora em História Oral pela FFLCH da USP Ver todos os artigos de falaeescrita

Uma resposta para “História oral institucional: conhecimento interno e pertencimento social

  • falaeescrita

    Este foi e tem sido um trabalho muito muito importante. Foi um dos pioneiros que fiz pela Fala Escrita e com ele pude e posso aprender muito! Além disso, pude ter um acompanhamento pediátrico para o Gabriel, desde a barriga e que agora completa 4 anos. Obrigada Norma Araujo e equipe do IEPAC por toda essa caminhada juntos!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: